Sejam bem vindo ao Blog Terapia Ocupacional de São José do Rio Preto - SP.

Aqui você fica informado sobre cursos, novidades da profissão, acompanha textos, deixa comentários e muito mais!
Tenho certeza que todos os Terapeutas Ocupacionais sentem falta de sites da nossa área.
Por isso, quero um blog que aproxime mais os profissionais, afim de trocarmos experiências, conhecimentos, informações e tudo o que for possível... além de lutar por nossa profissão, que é tão linda!!!
Ah! Aqui tem indicações de sites para leitura, com algumas partes que eu escrevi, e outros muito interessantes para acrescentar em nosso dia a dia.
Um abraço à todos os visitantes!

DEFINIÇÃO DE TERAPIA OCUPACIONAL

Terapia Ocupacional é a ciência que estuda a atividade humana e a utiliza como recurso terapêutico para prevenir e tratar dificuldades físicas e/ou psicossociais que interfiram no desenvolvimento do cliente em relação às atividades de vida diária, trabalho e lazer. É a arte e a ciência de orientar a participação do indivíduo em atividades selecionadas para restaurar, fortalecer e desenvolver a capacidade, facilitar a aprendizagem daquelas habilidades e funções essenciais para a adaptação e produtividade, diminuir ou corrigir patologias, promover e manter a saúde.



LOCAIS ONDE EXERCEM SUAS ATIVIDADES:

Hospitais Gerais; Ambulatórios; Consultórios; Centros de recuperação bio-psico-social; Sistemas Prisionais; Órgão de controle social; Creches e Escolas; Empresas.


Sobre mim:

Mestranda na Famerp - Rio Preto - SP

Especialista em Terapia da Mão e Reabilitação do Membro Superior;

Especialista em Terapia Ocupacional Dinâmica em Neurologia;

Aprimoramento em Terapia Ocupacional;

Confecção de órteses estáticas, dinâmicas e progressivas;

Aplicação de bandagem terapêutica Kinesiotaping;

Consultoria para empresas que contratam pessoas com deficiência;

Cursos em que me capacitei: Neuropsicologia em Terapia Ocupacional; Integração Sensorial; Psicomotricidade;

Supervisão de casos clínicos e orientação de pesquisas;

Instagran: @pryscilla_to

Site: www.cirurgiadamaoriopreto.com.br

Fanpage: www.facebook.com/cirurgiadamao





Contato

Minha foto
São José do Rio Preto, SP, Brazil
Consultório de Terapia Ocupacional / Terapia da Mão (17) 3033-2430 / (17) 99716-8201 - Georgina Business Park - Rua Benedito Rodrigues Lisboa, n° 2675, bairro Jd Palmeiras - São José do Rio Preto - SP / pryscilla@gmail.com

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Processo seletivo para Aperfeicoamento


Falta de exercício mata tanto quanto cigarro


Se você não é fã de exercício físico e vive implicando com o cigarro alheio, aí vai uma novidade para você: seu risco de morte pode ser tão alto quanto o de um fumante. Segundo uma série de estudos publicados pela revista The Lancet, a falta de exercícios físicos é responsável por 5,3 milhões de mortes por ano, aproximadamente o mesmo número que as 5 milhões de mortes provocadas diretamente pelo hábito de fumar. Os pesquisadores estimam que apenas 150 minutos semanais de exercício moderado seriam suficientes para evitar a morte de todas essas pessoas.
O número foi obtido pela análise de mortes causadas por doenças ligadas diretamente à falta de exercício: doenças coronárias, diabetes tipo 2, câncer de intestino e de mama. Os pesquisadores conseguiram estimar a proporção de mortes evitadas por cada uma dessas doenças caso os pacientes tivessem praticado exercício físico. Segundo o estudo, 6% das pessoas que morreram anualmente por doenças cardíacas, 7% das pessoas por diabete tipo 2 e 10% dos pacientes por câncer de intestino ou mama teriam sobrevivido caso tivessem praticado exercício físico. Segundo a ciência do exercício, o fumante agora está com seu posto ameaçado. Vem aí o novo candidato a inimigo número 1 da saúde pública: o sedentário.

CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FUNCIONALIDADE (CIF), DESEMPENHO OCUPACIONAL E PAPÉIS OCUPACIONAIS


Objetivo Geral
Relativizar incapacidades pela ampliação do desempenho ocupacional e pela transformação do ambiente; CIF – O que é isto? Como manejá-la? Quais as aplicações na Clínica da Terapia Ocupacional? 

Objetivo Específico
A CIF foi, recentemente, objeto de Resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional. Na Referida Resolução há uma recomendação para que ela seja ministrada nas graduações e nas pós-graduações. Além disso, ela orienta os profissionais para a utilização da Classificação após o diagnóstico realizado por meio de instrumentos próprios da Terapia Ocupacional. É importante ressaltar que a Classificação Internacional de Funcionalidade e Saúde é um importante instrumento no auxílio da formulação de programas de cuidados de pessoas nas mais variadas idades e contextos. Trata-se, portanto, de uma oportunidade para incorporar esse instrumento universal à prática clínica da Terapia Ocupacional e demonstrar que a profissão apresenta abordagens capazes de relativizar as incapacidades das pessoas. Na FACIS, especificamente, na pós-graduação em Terapia Ocupacional - Saúde Funcional e Saúde Mental já estamos desenvolvendo instrumentos facilitadores na sua aplicação prática em meio à clínica da Terapia Ocupacional. Venha conferir o nosso trabalho e a qualidade do curso de extensão proposto.

Público Alvo: Terapeutas Ocupacionais.
Datas: 22 e 23 de setembro de 2012.
Horário: Sábado e Domingo das 09h00m às 18h00m (com intervalo para o almoço).
Carga Horária: 16 horas/ aula.
Ministrantes: Prof. Ms. Mario César G. Battisti e Profa. Junia Cordeiro (Terapeutas Ocupacionais).
Investimento: R$ 300,00 reais á vista ou em duas vezes (cheques ou depósito bancário).
Local do Curso: Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo.
Unidade São Paulo (capital): Rua Dona Inácia Uchoa, 399 – Vila Mariana – São Paulo – SP.
Certificação: FACIS – Extensão Universitária.
Conta corrente para depósito (caso opte por 2 parcelas)
Banco Itaú
Agência 0278
Conta corrente 89480-3
PERFORMANCE EDUCACIONAL Ltda.
CNPJ - 08.520.431/0001-90

*Observações:
- O número mínimo para formar turma é de 08 alunos;
- Daremos todas as orientações necessárias para os alunos que vierem de outras cidades para São Paulo.


Dúvida entre em contato com nossa central de informações
11-5085-3141 (São Paulo e grande São Paulo) / 0800-771-3181 (demais localidades)
11-97300-5637 / 19-99192-2347 (Prof. José Alberto)

IV ENCONTRO CATARINENSE DE TERAPIA OCUPACIONAL


REALIZAÇÃO

CREFITO-10  GESTÃO 2009 - 2013

APOIO

Associação Brasileira dos Terapeutas Ocupacionais - Regional Santa Catarina – ABRATO-SC

LOCAL

Auditório da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina – ALESC

DATA

19 de Outubro de 2012

INSCRIÇÕES

PROGRAMAÇÃO:

7:30hs às 8:00hs– Credenciamento
8:00hs às 8:30hs – Abertura Solene
8:30hs – Palestra: Terapia Ocupacional sob a Perspectiva do Sistema COFFITO-CREFITOs
Palestrante: Dra Luziana Maranhão, Vice-Presidente do COFFITO
9:30hs – Mesa Temática: Sistema COFFITO-CREFITOs
10:30hs – Coffee Break
11:00hs – Palestra: Tecnologia Assistiva  e Terapia Ocupacional
Palestrante: Dr. Elcio Alteris dos Santos  

12:00hs – Intervalo para Almoço

13:30hs –  Palestra: O Uso da Ciência da Ocupação e a Terapia Ocupacional
Palestrante: Dra. Luciana Werthaimer
14:30hs – Palestra: O Papel da Terapia Ocupacional na Sociedade Brasileira
Palestrante: Dr. José Naum de Mesquita Chagas
15:30hs – Coffee Break
16:00 hs às 17:30hs – Mesa Redonda: Os desafios cotidianos do exercício profissional Terapia Ocupacional e em Santa Catarina
Coordenação: Dra. Luciana Werthaimer 
Mediação: Dr. José Naum de Mesquita Chagas
Dra Crystiane Castelen – Educação
Dra Silvane Penkal – Social
Dra Maria Cristina Mathias – Saúde
17:30hs às 18hs – Encerramento do Evento

Prevenção do Alzheimer: Estimular o Cérebro!


estudo publicado na revista New England Journal of Medicine concluiu que a participação em atividades de lazer levou a uma menor incidência de todos os tipos de demência, incluindo Alzheimer. Para este estudo, as atividades de lazer foram ler, escrever por prazer, jogar jogos de tabuleiro ou cartão, tocar instrumentos musicais e participar de discussões em grupo. Aqueles que participaram deste tipo de atividade um dia por semana tiveram uma redução de 7% no risco de demência. O risco foi reduzido com o aumento da atividade para 63% para as pessoas que participaram 11 vezes por semana.
O Estudo é parte de um crescente corpo de evidências de que o treino do cérebro melhora o seu  funcionamento, da mesma forma que o exercício físico vai melhorar o funcionamento muscular e cardiovascular. A perda de memória, um dos mais conhecidos e temidos sinais de envelhecimento, pode ser revertida ou pelo menos retardada por realizar atividades como tocar um instrumento musical, realizar palavras cruzadas e enigmas de Sudoku, jogo de xadrez, e outra usada para “malhar” o nosso cérebro.
A conexão entre  a exigência mental e a redução de casos de demência não está provada, mas há uma boa quantidade de evidências indiretas e inferenciais de que este é realmente o caso. Por exemplo, os níveis mais elevados de educação e ocupações intelectualmente mais exigentes correspondem a níveis mais baixos de demência.
Mesmo se você não for para a faculdade ou a sua ocupação não foi tão exigente intelectualmente, não se desespere. Não é o nível de educação ou a ocupação em si que é responsável pela saúde do cérebro. Você poderia ter abandonado a escola e trabalhado 45 anos cavando valas, mas passou todo o seu tempo livre em museus e dedicado a leitura e de qualquer outra forma expandindo o seu intelecto, e estar tão bem quanto um professor universitário ou um advogado. Talvez até melhor porque cavar valas é um exercício físico e que conta para um monte para a saúde cognitiva!!!
E se você não tiver feito as coisas que mantêm seu cérebro afiado, comece agora. Uma indústria está crescendo em torno do medo do envelhecimento e da “epidemia” de Alzheimer. Inspirado por descobertas como estas acima, várias empresas, incluindo Nintendo, está no mercado com aparelhos projetados para exercitar a nossa massa cinzenta. Mas você não precisa gastar muito dinheiro com gadgets ou softwares. Um livro, um quebra-cabeças, uma discussão interessante, um livro instigante essas coisas também beneficiar o seu cérebro.
Retirado do site

II Curso de Diferenças entre os Cérebros de Homens e Mulheres: Implicações para o Aprendizado


Curso a Distância com Tutoria, Interação e Certificado


Coordenador: Prof.Dr. Renato M.E. Sabbatini, PhD (neurocientista, professor da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP)

Início: 24 de setembro de 2012, duração: 3 semanas. Carga horária: 6 h

Objetivos: Apresentar as últimas descobertas da ciência sobre as diferenças de comportamento e psique entre homens e mulheres, e que têm origem tanto biológica quanto culturais. São examinadas diferenças na lateralidade na linguagem falada e ouvida, na percepção e expressão de emoções, stresse, habilidades espaciais, e vários outros. bem como as principais diferenças sexuais quanto ao aprendizado em meninas e meninas e as implicações dessas diferenças para a educação, o ensino e o aprendizado.

Público-Alvo: Psicólogos, pedagogos, terapeutas, professores, fonoaudiólogos, médicos e outros profissionais de saúde, principalmente nas áreas de neurologia, pediatria, sexologia, psiquiatria, etc., interessados em conhecer as últimas descobertas sobre o tema e sua aplicabilidade na educação, e saúde. 

O curso é composto de vídeo-aulas gravadas, que o aluno pode assistir a qualquer momento. A interação com o professor é intensa, e ocorre por webfórum.

Programa:
  • O dimorfismo sexual humano e suas origens evolucionárias
  • Diferenças sexuais precoces entre os sexos
  • As diferenças cognitivas são genéticas ou ambientais?
  • Evolução cultural e profissional feminina
  • Diferenças morfológicas entre os cérebros
  • Descobertas de novas técnicas de imagens funcionais
  • Cérebro e linguagem em homens e mulheres
  • Cérebro e emoções em homens e mulheres
  • Hipótese da exposição da testosterona maternal
  • Estresse e comportamento agressivo
  • Implicações para a educação e o aprendizado
O curso é organizado, promovido, realizado e coordenado didatica-pedagogicamente peloCentro de Teleneurociências do Instituto Edumed para Educação em Medicina e Saúde, uma instituição de pesquisa, desenvolvimento e educação a distância em ciências da saúde, que coordena um consórcio formado por 27 universidades, faculdades, associações médicas e instituições de pesquisa no Brasil. http://www.ead.edumed.org.br

Investimento e Inscrições

Investimento de apenas R$ 79,00.  O valor total pode ser parcelado no cartão de crédito e o pagamento é realizado pelo sistema PagSeguro.

Fórum Paulista de Ética


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Curso Medida Canadense de Desempenho Ocupacional



"CURSO TEÓRICO PRÁTICO SOBRE AVALIAÇÕES PADRONIZADAS EM TERAPIA OCUPACIONAL Módulo 2COPM - Medida Canadense de Desempenho Ocupacional”
 Não é necesssário ter feito o Módulo 1 para fazer o 2, pois as avaliações são diferentes.


Para mais detalhes sobre o curso consultar banner de divulgação em anexo ou o link:
Treinamento Ministrado por
Profª Drª Lívia de Castro Magalhães
Graduada em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, mestrado em Terapia Ocupacional na Boston Universitydoutorado em Educação - University of Illinois e pós-doutorado em Terapia Ocupacional - Universidade de McMaster. Atualmente é professora Titular do Depto. de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais. É uma das organizadoras e tradutoras da COPM em língua portuguesa

Data e Local
27/10/2012
Das 8:30h às 18h
AACD Ibirapuera, Av. Prof°Ascendino Reis 724, Ibirapuera, São Paulo
Sala da pós Graduação 

Informações
Roberto Fonseca
Telefone:    (11) 5576 09 79

Realização
Terapia Ocupacional Adulto
Imagem inline 1

I Fórum Paulista de Terapia Ocupacional



















































domingo, 9 de setembro de 2012

Curso no Espaço Viver com Arte!



"A ARTE DE MANTER SUA MEMÓRIA ATIVA" 


ÚLTIMA CHAMADA - IRÁ COMEÇAR NO DIA 12/09.


“Ative sua mente por meio de atividades prático- vivenciais”


Inscrições com Evelyn pelos telefones: (11) 9 94303939 e (11)55225002



Atividades mentais funcionam como fator de proteção às funções cognitivas e algumas estratégias de otimização destas funções têm-se mostrado eficazes para melhora do desempenho e prevenção do declínio de funções cerebrais.
O objetivo principal do programa é melhorar e manter a memória e as funções cerebrais afiadas.
Um investimento para uma vida mental mais saudável!
CURSO DESTINADO A ADULTOS QUE QUEIRAM CUIDAR DA MEMÓRIA, PREVENIR PROBLEMAS DAS FUNÇÕES CEREBRAIS EM GERAL E MELHORAR A SUA QUALIDADE DE VIDA.



Novo horário do 2º semestre:
Todas as quartas - feiras – Grupo matutino: das 9 às 10:30 
Valor mensal: R$120,00
Número de vagas em cada grupo: 15



Local: Espaço Viver com Arte: Tels: 55331029/ 99902630 - Bairro do Brooklin - São Paulo (endereço fornecido no ato da inscrição).

sábado, 8 de setembro de 2012

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

TDAH e Dislexia


Jornada Científica




































Acesse o link para maiores informações.

CURSO CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FUNCIONALIDADE (CIF), DESEMPENHO OCUPACIONAL E PAPÉIS OCUPACIONAIS


Objetivo Geral
Relativizar incapacidades pela ampliação do desempenho ocupacional e pela transformação do ambiente; CIF – O que é isto? Como manejá-la? Quais as aplicações na Clínica da Terapia Ocupacional? 
 
Objetivo Específico
A CIF foi, recentemente, objeto de Resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional. Na Referida Resolução há uma recomendação para que ela seja ministrada nas graduações e nas pós-graduações. Além disso, ela orienta os profissionais para a utilização da Classificação após o diagnóstico realizado por meio de instrumentos próprios da Terapia Ocupacional. É importante ressaltar que a Classificação Internacional de Funcionalidade e Saúde é um importante instrumento no auxílio da formulação de programas de cuidados de pessoas nas mais variadas idades e contextos. Trata-se, portanto, de uma oportunidade para incorporar esse instrumento universal à prática clínica da Terapia Ocupacional e demonstrar que a profissão apresenta abordagens capazes de relativizar as incapacidades das pessoas. Na FACIS, especificamente, na pós-graduação em Terapia Ocupacional - Saúde Funcional e Saúde Mental já estamos desenvolvendo instrumentos facilitadores na sua aplicação prática em meio à clínica da Terapia Ocupacional. Venha conferir o nosso trabalho e a qualidade do curso de extensão proposto.
 
Público Alvo: Terapeutas Ocupacionais.
Datas: 22 e 23 de setembro de 2012.
Horário: Sábado e Domingo das 09h00m às 18h00m (com intervalo para o almoço).
Carga Horária: 16 horas/ aula.
Ministrantes: Prof. Ms. Mario César G. Battisti e Profa. Junia Cordeiro (Terapeutas Ocupacionais).
Investimento: R$ 300,00 reais á vista ou em duas vezes (cheques ou depósito bancário).
Local do Curso: Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo.
Unidade São Paulo (capital): Rua Dona Inácia Uchoa, 399 – Vila Mariana – São Paulo – SP.
Certificação: FACIS – Extensão Universitária.
Conta corrente para depósito (caso opte por 2 parcelas)
Banco Itaú
Agência 0278
Conta corrente 89480-3
PERFORMANCE EDUCACIONAL Ltda.
CNPJ - 08.520.431/0001-90
 
*Observações:
- O número mínimo para formar turma é de 08 alunos;
- Daremos todas as orientações necessárias para os alunos que vierem de outras cidades para São Paulo.
 
 
Dúvida entre em contato com nossa central de informações
11-5085-3141 (São Paulo e grande São Paulo) / 0800-771-3181 (demais localidades)
11-97300-5637 / 19-99192-2347 (Prof. José Alberto)

II CURSO "CÉREBRO, LINGUAGEM E A EVOLUÇÃO DA INTELIGÊNCIA HUMANA"

COM VIDEO-AULAS, CERTIFICADO E TUTORIA ON-LINE PELO AUTOR
Data: 1 de setembro a 5 de outubro de 2012


Prof. Renato M.E. Sabbatini, PhD
Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e Centro de Teleneurociências do Instituto Edumed


Objetivos

Apresentar os principais elementos de como ocorreu a evolução da inteligência ao longo da cadeia evolutiva dos primatas humanos, do ponto de vista das neurociências do comportamento. São examinados os conceitos atuais do que entendemos por inteligência, como ela se desenvolve ontogeneticamente no ser humano desde o nascimento, quais são as teorias vigentes sobre o que é a inteligência e seus fatores, como surgiu nos primatas humanos, como se relaciona com o cérebro e com a linguagem, e como ocorreu a explosão criativa do neolitico, da arte, religião, cultura e outros fenômenos. Também é discutida a evolução futura da inteligência humana.

Aulas: 
1) O que é inteligência; 2) Linguagem, inteligência e o cérebro; 3) Evolução da inteligência; 4) Inteligência e cultura no Homo sapiens; 5) O futuro da inteligência humana.

E mais: dezenas de vídeos educacionais on-line que você poderá assistir e debater, sobre:  Inteligência nos animais, a pré-história da humanidade, origens e a evolução humana, evolução do cérebro e da mente, os Neandertais e a Idade da Pedra, cérebro e inteligência, e ouitros temas interessantes.

 .
Público-Alvo 
Estudantes e profissionais das áreas de educação, psicologia, biologia, neurociências, sociologia, recursos humanos, antropologia, história, entre outras áreas do saber. Também é uma excelente fonte de conhecimentos de cultura geral.

Carga horária e duração:

8 horas total, 5 semanas de prazo para assistir as aulas.

Como é ministrado o curso:
 
O curso é inteiramente on-line pela Web, constando de 5 vídeo-aulas pela Web, nas quais você pode entrar no curso a partir do dia 1/Setembro, e assistir às aulas de acordo com seu tempo e conveniência. É necessário acesso à banda larga para assistir.


O Prof. Sabbatini estará disponível por um mês ao longo do curso para dialogar e responder dúvidas dos estudantes, através de um fórum on-line e e-mail. além de chats.

Mais informações, programação completa e inscrições pela Internet:
http://www.edumed.com.br/cursos/evolucaointeligencia.html 

No site, assista um vídeo de demonstração de uma aula típica!
Docente:
O Dr. Renato M.E. Sabbatini é graduado e doutorado em neurofisiologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, onde foi também professor assistente e pesquisador do Departamento de Fisiologia entre 1969 e 1983. Foi pesquisador associado do Instituto Max Planck de Psiquiatria, em Munique, Alemanha, onde desenvolveu pesquisas avançadas sobre a neurofisiologia do comportamento em primatas. Foi o fundador do primeiro laboratório de pesquisas em neuroetologia da América Latina. De 1983 a 2003, foi docente da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é fundador e presidente do Instituto Edumed para Educação em Medicina e Saúde, uma instituição de ensino e pesquisa baseada em Campinas, SP, editor associado da Revista Cérebro & Mente, membro do Centro de Teleneurociência e do Instituto da Ciência da Felicidade. O Dr. Sabbatini realizou diversas pesquisas na área de neurologia e comportamento. Tem centenas de artigos publicados sobre o tema.
Home page: http://renato.sabbatini.com/index_p.php

Jornada de Oncologia


Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares


Alzheimer pode ser detectado 25 anos antes do aparecimento de sintomas, diz estudo.



Cientistas americanos analisaram as mudanças que sofre o corpo de um portador da doença décadas antes de se tornar sintomática


Cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, descobriram que o Alzheimer começa a se desenvolver no corpo humano cerca de 25 anos antes de os primeiros sintomas aparecerem. Assim, eles conseguiram pensar em uma forma de detectar a doença no indivíduo muito antes de ela se manifestar. 
O estudo publicado no periódico New England Journal of Medicine, selecionou 129 pessoas com predisposição genética para desenvolver a doença. Os participantes tinham 50% de chance de herdar um dos três genes conhecidos pela ciência por provocar o Alzheimer.
Os cientistas analisaram o progresso desses pacientes por meio de exames de sangue, de líquor – um fluido presente no cérebro –, de processos que fazem imagens cerebrais, além de testes de habilidades mentais e cognitivas. Eles estudaram ainda detalhes do desenvolvimento da doença nos pais dos participantes, como a idade em que ela começou a aparecer.
Já 15 anos antes do início da doença, aglomerados de uma outra proteína, chamada beta-amilóide, se tornam visíveis em imagens do cérebro. Diferentes análises mostraram ainda o encolhimento de algumas estruturas do cérebro, além do aumento no nível de uma proteína tóxica chamada tau no líquor. A partir disso, os pesquisadores desenvolveram uma lista de mudanças no corpo que levam à perda de memória e podem estar associadas à doença. Uma dessas alterações é a queda no nível de uma proteína conhecida como amilóide, que pode ser detectada no líquor até 25 anos antes de o Alzheimer se tornar sintomático.
Agora, os pesquisadores planejam usar as informações do estudo para testar medicamentos em pacientes que apresentam estas alterações no corpo, o que indica que podem chegar a desenvolver o Alzheimer, antes mesmo do aparecimento dos sintomas.
Acesse o link para ver a matéria na íntegra.

2° Simpósio Reabilitarte


Congresso sobre Alzheimer